Escola Senciente: plantando sementes para o futuro

Por Izabel Goudart Escola Senciente é uma proposta de compreender a escola a partir da concepção de um organismo sensível e acoplado ao meio ambiente comunicacional e informacional que age como um agente ativo na organização do cotidiano escolar na periferia da nossa atenção. Proposição que parafraseia Crang e Grahan quando atribuem às cidades o … Continue lendo Escola Senciente: plantando sementes para o futuro

Mario Maker - Nintendo

Gamificação ou gameficção?

Por Thiago Mittermayer No meu último post, apresentei uma síntese da “curva do dorminhoco” — conceito desenvolvido por Johnson (2005). Na ocasião, vimos a forma pela qual livro, televisão, cinema, internet e game estimulam as nossas capacidades cognitivas. A curva em questão expõe que os meios são produtores de sentido e ativam diversas habilidades cognitivas. … Continue lendo Gamificação ou gameficção?

Profissão jornalista: disrupção digital e a “alma do negócio”

Por Fabio de Paula A resistência dos donos da ex-gigante Blockbuster em aceitar as previsões, feitas há menos de 15 anos por seus analistas de marketing, de que se encerraria o formato de locação de filmes em lojas físicas resultou não apenas na quebra da empresa, mas em um caso emblemático de como a não … Continue lendo Profissão jornalista: disrupção digital e a “alma do negócio”

Encontro Inaugural do Observatório de Capacitação Digital

A Global MIL Week (Media and Information Literacy), promovida pela UNESCO, levou o Sociotramas — grupo de pesquisa em redes sociais da PUC-SP liderado por Lucia Santaella — a fundar o Observatório de Capacitação Digital, cujo encontro inaugural ocorre agora no dia 1º de novembro. O evento, aberto e gratuito ao público, propõe um diálogo … Continue lendo Encontro Inaugural do Observatório de Capacitação Digital