Patricia Huelsen e Marcelo Graglia

Praças, parques e espaços públicos conectados

Os espaços públicos são locais democráticos e abertos ao convívio igualitário na cidade de São Paulo. Muitos destes espaços já disponibilizam redes abertas para o uso da Internet, mas a chegada da Internet das Coisas (IOT), ligada à inteligência de gestão urbana das smart cities, abre um novo campo a ser explorado. Questões como a gestão urbana interligada, a criação de novas plataformas integradas aos espaços urbanos e como promover a integração social de habitantes pouco participativos devem ser consideradas. O texto discute as necessidades de integração social e cultural do habitante de um grande centro como São Paulo e como as inovações em IOT e smarts cities podem tornar nossas praças e parques melhores locais para se viver e conviver.