David Karp aprende com o seu filho único: Tumblr

TumblrThiagoMittermayer_Sociotramas

Todos já conhecem o reinado de Mark Zuckerberg com o Facebook, tanto que sua trajetória já virou até filme hollywoodiano. Mas aqui no Brasil poucos conhecem o criador do Tumblr, David Karp, que fundou o Tumblr em 2007, com apenas 21 anos.

O Tumblr possui 110,7 milhões de blogs e 51,4 bilhões de posts — dados do próprio site. “Follow the blogs you’ve been hearing about. Share the things that you love.” é o slogan do Tumblr que demonstra que o serviço seria uma “hibridização de microblogs com redes sociais digitais”: quando uma pessoa faz o seu cadastro, automaticamente ela cria um microblog pessoal, em que publica assuntos de seu interesse e interage com blogs de outros usuários — o que reforça o caráter das redes sociais.

Apesar de Karp não ser muito conhecido por nós brasileiros, o Brasil é o segundo em maior no número de usuários, perdendo apenas para os Estados Unidos; tal fato fez o Tumblr instalar uma sede em solos paulistanos — que será chefiada pela brasileira Gina Gotthilf.

Mas algo que torna a história de Karp especial é o fato do jovem-adulto, atualmente com 26 anos, não ter graduação: ele sequer terminou o segundo colegial, diferentemente de Zuckerberg, que se graduou na tradicional Harvard. Barbara Ackerman, mãe de Karp, tomou uma decisão que dificilmente mães brasileiras tomariam ao ver que, com 14 anos, o filho ou estava na escola ou estava trancado em seu quarto, com o computador: orientou-o que deixasse a escola e estudasse em casa. Nas palavras de Ackerman: “Estava bem claro que David precisava de espaço para viver sua paixão, que era a computação. Tudo que se relacionasse a computadores”.

Após largar o ensino médio, Karp chegou a trabalhar em algumas pequenas empresas de tecnologia em New York. Chegou até a trabalhar em uma startup no Japão, mas voltou para os Estados Unidos, para trabalhar como vice-presidente de tecnologia da UrbanBaby — serviço de fórum de discussão on-line para pais. Em seguida, a UrbanBaby foi comprada pela CNET Network e permitiu a Karp juntar uma boa grana e abrir um pequeno negócio chamado Davidville. Esta empresa, por sua vez, tinha vários projetos; entre eles, uma iniciativa nomeada Tumblr. Em tempo, a Davidville rebatizou-se como Tumblr.

Percebemos que Karp adere à cultura do “do it yourself”, que está cada vez mais presente no mundo digital: o próprio Tumblr, em seu início, tinha apenas quatro funcionários — e hoje chega a 177, que ainda não é um número muito grande.

Na semana passada, o Tumblr foi comprado pelo Yahoo! pela “simples” quantia de 1,1 bilhão de dólares — cerca de 20 % dos recursos disponíveis no caixa do Yahoo, que tenta revitalizar-se com esta ação. A pioneira na Internet está com uma imagem manchada e fragilizada nos últimos anos; em boa parte, por conta do império Google.

tumblr_byYahoo

Muitos usuários do Tumblr não gostaram da notícia e se manifestaram na própria rede social: eles têm medo que a rede social fique poluída por imagens publicitárias — assim como o site do Yahoo — afetando, assim, o excelente design do Tumblr. Tal preocupação ocorre porque o layout dos microblogs do Tumblr são totalmente editáveis. Se Karp fez a melhor escolha, ainda não sabemos: teremos que aguardar a passagem do tempo.

Thiago Mittermayer

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s